5 situações do Carnaval do monstro

O Carnaval chegando, a música tocando… e você? Pensando no #ProjetoConstruçãoDoShape, é claro!  Tem sempre o time daqueles que curtem a folia e daqueles que preferem aproveitar os dias de feriado de outra forma. Separamos 5 situações prováveis no #CarnavalDoMonstro.

1-A academia vai abrir no feriado

Gym Treadmill GIF - Find & Share on GIPHY

Agora que eu dou aquele gás no meu treino insano. Academia vazia, todos os aparelhos e pesos só para mim!

  2- O bloquinho tem nome: Trei-no

Upside Down Squat GIF - Find & Share on GIPHY

Se a gente organizar direito dá até uma marchinha, vai!

 3- Meu drink carnavalesco: Protein Black de paçoca

Pop Tv Drink GIF by Big Brother After Dark - Find & Share on GIPHY

Pós-treino, pós-folia garantida! Bora inovar? É só preparar umas receitas diferentes e fazer os seus drinks sem álcool e cheios de proteínas

4- Amigos marombas que acompanham na folia do monstro

Lifting Weights Gym GIF - Find & Share on GIPHY

Afinal, não tem graça se divertir sem companhia!

5- Fantasia de Carnaval?  Roupa do treino!

Lift Weights GIF - Find & Share on GIPHY

Aquela camiseta que marca bastante os músculos e tal, sabe como é, né?

Porém sem neuras monstro! Vai curtir a festa, claro, de forma responsável e tomando cuidado com os excessos. Vai do seu jeito e o importante é ficar feliz!

Creatina: apenas para atletas?

A creatina é uma amina nitrogenada que é sintetizada no fígado, nos rins e no pâncreas, a partir dos aminoácidos arginina, glicina e metionina ou fornecida ao organismo através da alimentação, sendo encontrada nas carnes ou outros produtos de origem animal ou por meio de suplementos. A necessidade diária de creatina é de aproximadamente 2 a 3g, sendo que cerca de 1g é ingerido através da alimentação/suplementos e o restante é sintetizado pelo organismo. Aproximadamente 95% dela encontram-se no sistema musculoesquelético e o restante está distribuído especialmente em coração, cérebro e testículos. Somente 40% dela encontram-se livres, e a maior parte está na forma combinada com moléculas de fosfato.

A principal função da creatina é fornecer energia de forma rápida aos músculos para que haja contração muscular. Além disso, é importante para a transferência de energia da mitocôndria para o citosol, ação antioxidante prevenindo o estresse oxidativo, manutenção do pH e ativação da glicólise e glicogenólise. Seus efeitos, além daqueles já relatados em relação aos praticantes de exercício físico, também, são estudados em relação aos idosos, principalmente como tratamento auxiliar da sarcopenia.

A sarcopenia relacionada ao envelhecimento refere-se a uma redução da massa e função muscular associada a uma perda de massa óssea, contribuindo para o aumento do risco de queda, diminuição da independência, aumento do isolamento e depressão, podendo levar até a morte. Assim, formas de melhorar esse quadro são fundamentais, já que contribuem para a melhora da qualidade de vida dos idosos.

Uma revisão conduzida por Candow  et al. (2019) reuniu estudos que avaliassem a eficácia da creatina no aumento da massa muscular e óssea. Como conclusão, os autores observaram que os idosos que receberam essa suplementação, realizando ou não treinamento de força, apresentaram potencial aumento da massa e força muscular, além de reduzir o risco de queda, podendo, inclusive, atenuar a perda de densidade mineral óssea.

Além desse estudo, Candow, Chilibeck e Forbes (2013) também realizaram uma meta-análise que concluiu pelo potencial efeito positivo da creatina no aumento da força e da massa muscular.  Uma meta-análise conduzida por Gualano et al. (2016) indicou o efeito positivo da creatina na redução da perda de massa e força muscular, com ou sem treino de resistência, além de observarem uma possível ação benéfica dessa amina no osso e também no metabolismo cerebral.

A New Millen conta, em sua linha Clinical Series, com o Senior Drink, um pó para preparo de bebida com uma alta densidade de nutrientes e que possui creatina de alta pureza (Creapure®), que é indicada para pessoas maiores de 40 anos e idosos. Com dois tipos de sabor, é praticidade e saúde para seu dia a dia. 

REFERÊNCIAS

PASCHOAL V.; NAVES A., Tratado de Nutrição Esportiva Funcional. São Paulo: Roca, 2014.

SUMIEN, N.; SHETTY, R. A.; GONZALES, E. B. Creatine, Creatine Kinase, and Aging. Biochemistry and Cell Biology of Ageing: Part I Biomedical Science, v. 90, p. 145-168, 2018.

CANDOW, D. G. et al. Effectiveness of Creatine Supplementation on Aging Muscle and Bone: Focus on Falls Prevention and Inflammation. Journal of Clinical Medicine, v. 8, n.4, p.488, 2019.

CANDOW, D. G.; CHILIBECK, P. D.; FORBES, S. C. Creatine supplementation and aging musculoskeletal health. Endocrine, v. 45, n. 3, p.354–361, 2013.

GUALANO, B. et al. Creatine supplementation in the aging population: effects on skeletal muscle, bone and brain. Amino Acids, v. 48, n. 8, p. 1793–1805, 2016.

A trajetória do atleta do #TeamNewMillen,Thiago Santisteban, não foi fácil até chegar onde ele está. Mas, aqui, você conhece um pouco da história e as dicas de treino e suplementação desse monstro. Se liga!

1-Como você se prepara para as competições?
Normalmente me preparo 12 semanas antes.
2-Qual competição mais te marcou e por quê?
Foram 2 competições: Arnold Ohio e a minha estreia no profissional.
3-Diante dos desafios da sua rotina de treinos e alimentação, qual deles considera o maior?
O meu maior desafio é controlar minha doença com minha rotina no esporte, diabetes tipo 1, sou o único atleta profissional com essa doença.
4- Quando decidiu ser atleta e como foi o processo de preparação?
Decidi competir em 2013, já treinava há 15 anos, mas queria competir para ser um atleta, para estar entre os melhores e foi quando tive condições para isso.
5-Quais suplementos da New Millen fazem parte do seu dia a dia?
Uso vários suplementos, mas os que nunca faltam são: whey protein, glutamina, bcaa e creatina.
6- O seu pré-treino New Millen?
C4 black, sem dúvida.
7-O seu pós-treino New Millen?
Whey Protein, Glutamina, Creatina, Waxy Maize.
8- No quesito sabor, qual suplemento New Millen mais consome?
Protein Black sabor milho-verde 😍😍 o melhor!
9 –Como se sente fazendo parte do Team New Millen?
Muito honrado! Me tratam como se fosse da família deles, e é muito engraçado, porque estou há 1 ano no time New Millen, mas parece que estou há muito mais tempo.
10- Uma dica para os(as) monstro (as) continuarem com foco no projeto construção do shape.
Manter o foco no seu objetivo, nunca desistir! Demorei 16 anos de treino para ganhar o meu primeiro whey protein, fui desacreditado por médicos e hoje estou aqui, no profissional, evoluindo a cada ano.

Quer saber mais e acompanhar as novidades New Millen? Se liga aqui no blog #TheBestResult!

Hoje, sabemos que a maioria das doenças e alterações metabólicas, desde a obesidade até a depressão, tem como base etiológica a inflamação de baixo grau crônica, que está associada com o estresse oxidativo e com o aumento de diversas substâncias que perpetuam esse quadro inflamatório. Por isso, encontrar formas de reduzi-la é contribuir para o aumento de nossa longevidade, porém com maior qualidade de vida, visto que as doenças crônicas podem levar à incapacidade e redução da sensação de bem-estar das pessoas.

Um dos compostos bioativos com grande evidência científica de seus benefícios na literatura é a curcumina, um polifenol encontrado na cúrcuma. Esse rizoma tem origem na China e possui extenso histórico de uso para melhora de quadros inflamatórios nesse país e em todo o sudeste asiático. Uma revisão (2015) propôs o mecanismo de ação anti-inflamatória e antioxidante da curcumina: ativação do fator de transcrição Nrf2, associado com a transcrição de enzimas antioxidantes e modulação da resposta inflamatória, bloqueando a ação de citocinas pró-inflamatórias, como o TNF-alfa.

Outra revisão sistemática (2017) reúne diversos estudos do impacto da curcumina na melhora de diversos parâmetros da síndrome metabólica, como melhora da sensibilidade à insulina, supressão de adipogênese e redução da pressão arterial. Além disso, essa mesma revisão trouxe o resultado de uma meta-análise que identificou redução das concentrações séricas de proteína C reativa, um marcador de inflamação, após a suplementação com curcumina.

Kunnumakkara et al. (2017) levantaram diversos estudos que utilizaram a suplementação de curcumina em diferentes condições, como depressão, níveis de PSA elevados, hipertrigliceridemia, entre outras doenças, mostrando que, na grande maioria, houve melhora dos quadros, comprovando assim seus efeitos.

E qual a associação com a pimenta-preta? É que nessa especiaria se encontra um composto chamado piperina, que tem capacidade de aumentar a absorção e biodisponibilidade da curcumina nos seres humanos, maximizando os efeitos dessa substância maravilhosa em nosso corpo!

Immuno Resist é um produto da linha Clinical Series da New Millen que já possui em sua composição a cúrcuma e a pimenta-preta. Com apenas 1 sachê ao dia você propicia muito mais saúde ao seu corpo! Acesse o site e saiba onde encontrar:

Referências
HE, Y. et al. Curcumin, inflammation, and chronic diseases: How are they linked?. Molecules., v. 20, p. 9183-9213, 2015.
KUNNUMAKKARA, A. B. et al. Curcumin, the golden nutraceutical: multitargeting for multiple chronic diseases.  Br J Pharmacol., v. 174, n. 11, p. 1325-1348, 2017.
HEWLINGS, S; KALMAN, D. Curcumin: A Review of Its’ Effects on Human Health. Foods., v. 5, n. 10, 2017.
PRASAD, S. et al. Recent developments in delivery, bioavailability, absorption and metabolism of curcumin: The golden pigment from golden spice. Cancer Res. Treat., v. 46, p. 2-18, 2014.

O ano quase no fim, e os alvos ficam no radar ‒ seja a promessa de conseguir cumprir o #ProjetoConstruçãoDoShape até o fim ou conseguir manter o desempenho e superar os limites. Por isso se liga nos 5 motivos para continuar com a New Millen no ano que inicia!

1-New Millen sempre para #TheBestResult

Um catálogo de produtos diferenciados, divididos em linhas que auxiliam na perfomance, desenvolvimento muscular, hipertrofia, entre outras metas do projeto construção do shape!

2-Hora de tirar as metas do papel

Sabe aquele item: esse ano meu corpo vai ficar definido e fibrado, e o meu desempenho melhor do que nunca? Com a linha Premium da #NewMillen, você consegue ir ainda mais longe!

3-Força para continuar

A linha Clinical Series apresenta diversos produtos que auxiliam no fortalecimento da imunidade, gerenciamento saudável do peso, entre outros benefícios para um organismo com a saúde em dia.

4- #NewMillen perto de você

Estamos em diversos Pontos de Venda e nossos produtos espalhados por aí para você encontrar o local mais próximo! Encontre os suplementos variados para #TheBestResult e comprove a qualidade de uma marca que já existe há mais de 20 anos.

5-Qualidade e Tecnologia

Contamos com uma equipe especializada que cuida desde a matéria-prima até os produtos estarem nas prateleiras.  Materiais, ingredientes, embalagens e armazenamento  seguem o  padrão de qualidade New Millen para você!

Agora que já demos 5 motivos, é encher o seu estoque de New Millen e se preparar para o ano que vem pela frente! Muita garra e determinação e você chegará lá, monstro!

O exercício físico intenso pode ocasionar diminuição da força e aumento da geração de fadiga ‒ o que compromete o desempenho ‒ após um período de execução. A literatura científica demonstra que a suplementação de determinados componentes pode favorecer a prevenção desse quadro de fadiga precoce por meio de aminoácidos que induzem mudanças metabólicas, entre eles, a arginina, associadamente a compostos antioxidantes como a vitamina, que desempenha papel importante na minimização de câimbras musculares.

Dos mecanismos propostos que associam a prática de exercícios físicos de alta intensidade ao desenvolvimento de fadiga, é possível destacar o aumento da suscetibilidade a lesões ocasionadas pela chamada síndrome de overtraining, que acontece em razão da síntese exacerbada de espécies reativas de oxigênio e radicais livres celulares.

O uso de suplementos à base de L-arginina vem crescendo na prescrição de profissionais de saúde, sobretudo, na forma de aspartato. Um estudo (2018) determinou os efeitos da suplementação de arginina no desempenho e na recuperação anaeróbica, com 28 jogadores de futebol masculino que participavam de ligas amadoras. Os voluntários foram aleatoriamente selecionados para grupo de intervenção e grupo placebo. O período teve duração de 14 dias com consumo de 6 gramas de arginina. As variáveis medidas foram: níveis de capacidade antropométrica, bioquímica e anaeróbica e, após o teste, dosagem dos níveis de ácido lático e frequência cardíaca até o décimo minuto de recuperação.

Os resultados, após o período destinado à intervenção, destacaram redução das concentrações de lactato pós-suplementação, além de uma significativa diminuição de enzimas hepáticas. O estudo pôde demonstrar que a arginina tem a eficácia de acelerar a excreção de ácido lático corporal e recuperar rapidamente lesões musculares.

E a vitamina C, qual seu papel?

O papel da vitamina C como antioxidante é relacionado à modulação do estresse oxidativo. Além da captação de radicais livres, a vitamina C pode modificar a diferenciação celular e a expressão de genes envolvidos na resposta inflamatória. Já a sua deficiência resulta em câimbras musculares e fraqueza, sintomas que prejudicam o desempenho físico.

Energy C é um produto da linha Clinical Series formulado com aspartato de arginina e vitamina C, tendo como diferencial a apresentação em forma de cápsula vegetal (Vcaps). Sua composição ajuda na promoção de benefícios associados à redução da fadiga física por evitar o acúmulo de amônia no organismo, além de potencializar a ação antioxidante.

Referências

MOR, A. et al. Effect of arginine supplementation on footballers’ anaerobic performance and recovery. Progress in Nutrition, v. 20, n. 1, p. 104-112, 2018.

SALES, R. et al. Efeitos da suplementação aguda de aspartato de arginina na fadiga muscular em voluntários treinados. Rev Bras Med Esporte, v. 11, n. 6, Nov./Dez. 2005.

DINIZ, T. et al. Benefícios do consumo de micronutrientes no período de pré e pós-treino por praticantes de atividade física: uma revisão. Conbracis: Realize. Disponível em: <http://www.editorarealize.com.br/revistas/conbracis/trabalhos/TRABALHO_EV108_MD1_SA6_ID2358_16052018153719.pdf>. Acesso em: 08 mar. 2019.

CORONADO, H. M, et al. Antioxidantes: perspectiva actual para la salud humana. Rev Child Nutr., v. 42, n. 2, p.206-212, 2015.

TEIXEIRA, M. G. et al. Consumo de antioxidantes em participantes do ELSA-Brasil: resultados da linha de base. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 19, n. 1, p.149-159, 2016.

suplementar-vitamina-d

A vitamina D é essencial para diferentes funções do organismo, pois atua não apenas no metabolismo ósseo ao qual ela sempre foi vinculada, mas também em sistemas como o imunológico, cardiovascular e muscular.

No Brasil, uma metanálise de 72 estudos relatou uma distribuição do status em diferentes faixas etárias, com resultados que evidenciaram prevalências de insuficiência e de deficiência em, respectivamente, 45,3% e 28,2% dos participantes avaliados nos trabalhos.

A vitamina D é um hormônio potente que favorece a promoção de benefícios à saúde esquelética e extraesquelética. Os seus níveis equilibrados auxiliam na prevenção e recuperação de lesões musculoesqueléticas, que podem ser potencialmente afetadas por concentrações insuficientes da forma de armazenamento de vitamina. Essa carência pode atingir pessoas jovens, ativas e saudáveis, com isso, potencializando o risco de lesões e período de recuperação prolongado na prática esportiva.

A correlação entre a vitamina D e a função muscular é evidenciada em estudos. Níveis crescentes de vitamina D reduzem a inflamação, dor e miopatia, além de estimularem o aumento da síntese de proteínas musculares, concentração de ATP, força e capacidade física. Sua deficiência é comum em atletas que, na maioria das vezes, apresentam fraturas por estresse, dor musculoesquelética e doenças recorrentes. Um estudo (2012) relatou que a suplementação na rotina de atletas pode reverter até 20% da atrofia de fibras musculares do tipo II

A correção da deficiência de vitamina D é realizada por protocolos de suplementação com produtos de qualidade recomendados por profissionais capacitados. De acordo com um estudo de revisão (2012), concentrações elevadas de vitamina D no sangue possuem associação com benefícios no tecido musculoesquelético e no fortalecimento do sistema imunológico, efeito que também é essencial para atletas de elite que apresentam depleção de funções da imunidade com o exercício intenso.

Linha Clinical Series
A New Millen conta, em sua linha Clinical Series, com a Vitamina D, um produto em cápsulas de fácil deglutição, que tem como finalidade a oferta de vitamina D em quantidades adequadas para promoção de diversos benefícios ao organismo, incluindo a recuperação e prevenção de lesões ósseas e musculares em atletas.

Referências

FERRARINI, P.; MACEDO, R. Vitamina D no esporte e saúde. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. v. 9. n. 50. p.150-163, mar./abr. 2015.

FRANKLIN, D. et al. Sports Health Benefits of Vitamin D. Sports Health., v. 4, n. 6, p. 496-501, nov. 2012.

OWENS, D. et al. Vitamin D and the Athlete: Current Perspectives and New Challenges. Sports Med., v. 48, p. S3-S16, 2018.

Por-que-é-importante-suplementar-com-a-orientação-do-nutricionista

Os suplementos alimentares são importantes para atletas e praticantes de esportes que buscam melhorar o desempenho, a performance, a força e a disposição. São diversas as finalidades em que os suplementos podem auxiliar, mas é fundamental que sejam indicados de forma personalizada, considerando o perfil de cada pessoa, o planejamento alimentar e a rotina de treinos.

Por isso, buscar um nutricionista na hora de saber como, o que e em qual quantidade suplementar é fundamental para evitar riscos à saúde e efeitos contrários aos esperados. Conforme um estudo de revisão, de 2017, a busca por resultados rápidos faz com que muitos praticantes de atividades físicas recorram à suplementação de maneira inadequada, sem a devida orientação.

Mas lembre-se que, para ficar monstro, é preciso empenho, dedicação e paciência, então, nada de esperar resultados para ontem. Marombar bem é marombar com saúde e, para isso, você precisa de uma combinação adequada de exercícios, alimentação e suplementação. Seguir um plano alimentar e uma prescrição suplementar feitos especialmente para você não só é mais saudável como também é uma forma de conseguir resultados mais efetivos.

Cada corpo é um corpo, cada organismo é diferente do outro e, por isso, precisa ser tratado de forma individual. Além disso, o nutricionista é o único profissional capacitado para prescrever suplementos, determinando as necessidades específicas de cada organismo, os melhores suplementos e as quantidades necessárias.

Se liga, monstro, suplementar é importante para crescer e fibrar, mas, para alcançar o desempenho que você busca nos treinos, vale procurar um profissional para uma prescrição personalizada e de acordo com seu estilo de vida e objetivos.

Fonte: http://www.revistafjn.com.br/revista/index.php/eciencia/article/view/245/245

C4 Black Beta Pump foi escolhido na categoria nacional como melhor pré-treino do mercado

A última sexta-feira, dia 18 de outubro, foi marcante para a New Millen. O C4 Black Beta Pump venceu na categoria de melhor pré-treino nacional do Prêmio Suplementação, importante premiação do segmento. O evento aconteceu na feira Brasil Trading Fitness Fair, às 18 horas.

c4 black beta pumpÉ tetra!

Já é a quarta vez  consecutiva que um produto da família C4 ganha o título de campeão. Nos anos 2016, 2017 e 2018, o C4 Beta Pump foi o grande destaque na mesma categoria. Linha C4 tetracampeã, comprovando a sua qualidade e diferenciais.

Por que é o melhor?

Lançado em 2018, o C4 Black Beta Pump é um pré-treino que veio para revolucionar o mercado de suplementos. Sua formulação apresenta alta concentração de compostos que atuam como recursos ergogênicos e eficientes. Ele fornece o aporte adequado de vitaminas, minerais e aminoácidos, contribuindo para a melhora do desempenho, aumento de vasodilatação, foco, aumento de energia e disposição.

#TheBestResult com uma opção prática e diferenciada. A sua embalagem em sachês individuais facilita o transporte. Ao entrar em contato com a água, faz pequenas explosões e proporciona uma nova experiência de consumo.

Prêmio Suplementação
melhor pré-treino

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O prêmio da Revista Suplementação possui grande relevância na área.  As premiações são feitas por voto popular, com a participação de diferentes marcas nacionais e importadas.

Agradecemos pelo voto, monstro! Uma importante conquista e reconhecimento que nos faz chegar cada vez mais longe.

A creatina aumenta a força muscular em idosos?

O envelhecimento é um processo natural do organismo à medida que os anos passam. Ele é responsável por promover diferentes mudanças fisiológicas significativas que podem comprometer a qualidade de vida, se não forem amenizadas com estratégias clínicas.

A mudança na composição muscular com o envelhecimento é resultado de uma redução da força e da concentração de creatina no músculo. Como consequência, podem-se observar limitações nas atividades de vida e também na prática esportiva. Os níveis de atividade física também sofrem um declínio na rotina de idosos e pessoas em fase de maturidade, condição que pode comprometer, por sua vez, a aptidão física e perda da capacidade funcional.

O organismo apresenta uma capacidade máxima para a síntese de creatina endógena, função que se reduz ao longo dos anos e que compromete a força muscular significativamente. A suplementação de creatina é uma estratégia com eficiência para modular essa mudança corporal, especialmente na rotina de idosos fisicamente ativos.

Em torno de 95% da composição de creatina é encontrada no sistema musculoesquelético. Ela atua especificamente como depósito energético acelerado quando ocorre o processo de contração muscular. Sendo assim, a redução do seu estoque intramuscular ocasiona uma redução da força e uma contração ineficiente que prejudica até mesmo a mobilidade do idoso.

A Creapure® oferece um tipo de creatina mono-hidratada de alto grau de pureza, qualidade e segurança. O aumento da massa e da força muscular promovido pela creatina suplementada promove mais aptidão física e pode contribuir para potencializar a saúde, o bem-estar e a vitalidade na idade avançada. Estudos mostram a eficácia da utilização deste suplemento na qualidade de vida de pacientes idosos, pois aumenta a força muscular.

A New Millen traz em sua linha Clinical Series voltada a atender às necessidades clínicas de diferentes públicos, e não apenas atletas e esportistas, o Senior Drink. Suplemento em pó para preparo de bebida com alta densidade de nutrientes e indicado para complementação da dieta de pessoas acima de 40 anos e idosos. Com tecnologias avançadas de ingredientes, apresenta em sua composição a creatina Creapure® combinada com colágeno hidrolisado Bodybalance® e taurato de magnésio TauroMag®.

Referências

LUA, A. et al. Creatine supplementation: can it improve quality of life in the elderly without associated resistance training? Curr Envelhecimento Sci., v. 6, n. 3, p. 251-7, dez. 2013

KOYAL, G.; MARIN, B. Influence of exercise and aging on extracellular matrix composition in the skeletal muscle stem cell niche. J Appl Physiol., v. 121, n. 5, p. 1053-1058, nov. 2016.

KRISTEN, M. et al. Aging of the skeletal muscle extracellular matrix drives a stem cell fibrogenic conversion. Aging Cell., v. 16, p. 518-528, 2017.